Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
298,00 283,00 280,00
GO MT RJ
286,00 288,00 290,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2510,00
Garrote 18m 2880,00
Boi Magro 30m 3780,00
Bezerra 12m 2100,00
Novilha 18m 2400,00
Vaca Boiadeira 2920,00

Atualizado em: 8/8/2022 09:26

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Governo anuncia Plano Safra 36% maior

 
 
 
Publicado em 30/06/2022

O Governo Federal lançou nesta quarta-feira (29) o Plano Safra 2022/2023, com R$ 340,88 bilhões para apoiar a produção agropecuária nacional até junho do próximo ano. O valor reflete um aumento de 36% em relação ao Plano anterior.

Do total de recursos disponibilizados, R$ 246,28 bilhões serão destinados ao custeio e comercialização, uma alta de 39% em relação ao ano anterior. Outros R$ 94,6 bilhões serão para investimentos (+29%).

Os recursos com juros controlados somam R$ 195,7 bilhões (alta de 18%) e com juros livres R$ 145,18 bilhões (alta de 69%). O montante de recursos equalizados cresceu 31%, chegando a R$ 115,8 bilhões na próxima safra.

A melhoria do acesso do produtor ao crédito rural foi assegurada não só pelo aumento nas disponibilidades de recursos, mas também pelo estabelecimento de taxas de juros compatíveis com a atividade rural e em níveis favorecidos, comparativamente às taxas livres de mercado. Com a taxa básica de juros da economia (Selic) em 13,25% atualmente, buscou-se preservar, prioritariamente, elevações menores para os beneficiários do Pronaf e do Pronamp, garantindo financiamento adequado para esses públicos.

O próximo Plano Safra também aposta na diversificação das fontes de financiamento, com a disponibilização de mais recursos das Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) para a aquisição de direitos creditórios do agronegócio. Foi estabelecido um aumento, de 50% para 70% na faculdade de uso dos recursos da LCA para a aquisição desses direitos creditórios. A expectativa é que a medida gere uma maior participação do mercado de finanças privadas do agro, com a expansão de títulos como a CPR, CDCA, CRA, além da LCA.

No evento de lançamento do Plano, no Palácio do Planalto, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcos Montes, destacou que o Plano Safra prioriza a agricultura familiar, os pequenos e médios produtores, as linhas de crédito para a sustentabilidade ambiental e a ampliação do armazenamento nas propriedades rurais. Segundo ele, os recursos vão ajudar o Brasil a fazer a sua parte para atender à demanda mundial por alimentos. “Nossos produtores vão colocar o Brasil ainda mais na condição de grande fornecedor de alimentos seguros e de qualidade para os brasileiros e para o mundo”, disse.

O secretário de Política Agrícola do Mapa, Guilherme Bastos, fez a apresentação dos principais números do Plano Safra, destacando que todas as taxas de juros estão abaixo da Selic, com crédito ainda mais competitivo para os pequenos e médios agricultores.  Com informações do MAPA.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[08/08/2022] - Arroba: mercado da carne ainda sugere alta
[08/08/2022] - Arroba: semana acabou devagar
[08/08/2022] - Importações de carne chinesas continuam subindo
[08/08/2022] - Deputados do PT querem taxar exportação de carne
[08/08/2022] - Milho: mercado está sem referência
[08/08/2022] - Brasil já fecha embarques de milho à China
[08/08/2022] - Produtores rurais recorrem à recuperação judicial

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[08/08/2022] - Crédito rural já movimentou R$ 25 bi em julho
[05/08/2022] - Arroba: frigorífico seguem segurando as compras
[05/08/2022] - ASSOCON: produto à base de plantas não é carne
[05/08/2022] - Pecuaristas do RS querem união para faturar mais
[05/08/2022] - Como estão as exportações argentinas de carne?
[05/08/2022] - China compra mais produtos do agro dos EUA
[04/08/2022] - Arroba: boi em queda e carne em alta
[04/08/2022] - Arroba: frigoríficos ampliam queda do boi em SP
[04/08/2022] - Brasil vai exportar carne com osso ao Uruguai
[04/08/2022] - Arroba: indicador está abaixo de julho de 2021
[04/08/2022] - China domina exportações de carne do Brasil
[04/08/2022] - Porto de Santos bate recordes puxado pelo Agro
[03/08/2022] - Arroba: pecuaristas seguram o boi
[03/08/2022] - Abates têm alta de 4% no segundo trimestre
[03/08/2022] - Falta de crédito prejudica confiança do agro
[03/08/2022] - Crédito rural: governo demora a liberar recursos
[03/08/2022] - Ministro argentino promete priorizar agro
[02/08/2022] - Exportações: faturamento bilionário em julho
[02/08/2022] - Carne: menor produção em 20 anos
[02/08/2022] - Arroba: frigoríficos seguram as compras
[02/08/2022] - Frigoríficos cobram dívida de R$ 100 mi de Cuba
[02/08/2022] - Fiscalização encontra 2 mil bois irregulares em MS
[02/08/2022] - Leite: Câmara aprova urgência em apoio ao produtor
[02/08/2022] - Saldo comercial é o segundo melhor da história
[02/08/2022] - Queda de impostos já aparece na inflação
[01/08/2022] - Arroba: sexta deu início ao movimento de alta?
[01/08/2022] - Leite: preço pago ao produtor bate recorde
[01/08/2022] - Leite: aumento de renda puxará gasto com lácteos
[01/08/2022] - Milho: preços voltam a subir em SP
[01/08/2022] - Milho: colheita da safrinha chega a 97,9% em MT
[01/08/2022] - Veterinários simulam emergência sanitária em SP
[29/07/2022] - Exportações renderam US$ 12,2 bi ao Brasil
[29/07/2022] - Arroba: virada de mês pode puxar preço do boi
[29/07/2022] - Arroba: frigoríficos tentam derrubar o boi China
[29/07/2022] - Desemprego cai ao menor nível desde 2015
[29/07/2022] - Quadrilha adulterava farelo de soja em MT
[29/07/2022] - Protesto de fiscais atrasa exportações de milho
[29/07/2022] - Bancos querem intervir na pecuária
[28/07/2022] - Arroba: frigoríficos pressionam, sem sucesso
[28/07/2022] - Pecuaristas não vendem boi abaixo do custo
[28/07/2022] - Políticas ambientais podem levar à falta de comida
[28/07/2022] - China vai importar farelo de soja do Brasil
[28/07/2022] - IGP-M vem abaixo das expectativas
[27/07/2022] - Frigoríficos ainda tentam forçar baixa do boi
[27/07/2022] - Minerva vê barreiras sem sentido ao boi do Brasil
[27/07/2022] - Arroba: boi China já está valendo mais em SP
[27/07/2022] - Leite: tendência no Paraná é de alta
[27/07/2022] - Importações de fertilizantes aumentam 172%
[27/07/2022] - Governo amplia ajuda a pequeno e médio produtor
[27/07/2022] - Argentina não vai reduzir imposto sobre o agro

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br