Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
330,00 310,00 326,00
GO MT RJ
313,00 308,00 304,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2620,00
Garrote 18m 2920,00
Boi Magro 30m 3610,00
Bezerra 12m 2300,00
Novilha 18m 2670,00
Vaca Boiadeira 2840,00

Atualizado em: 27/1/2022 11:18

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Ministro chama ameaça da UE de protecionismo

 
 
 
Publicado em 29/11/2021

O ministro das Relações Exteriores, Carlos França, chamou de "protecionista" a recente proposta da União Europeia (UE) de banir produtos ligados ao desmatamento, segundo entrevista publicada pelo jornal britânico Financial Times neste domingo, 28.

"Eu não posso aceitar usar o meio ambiente como uma forma de protecionismo. É ruim para os consumidores e para o fluxo de negócios", declarou França. "Acho que existe certa miopia por parte da UE."

A proposta foi feita pela Comissão Europeia na quarta-feira 17 e afeta seis categorias de produtos: soja, carne bovina, óleo de palma, madeira, cacau e café. Seus derivados também estariam inclusos, como couro, chocolate e móveis. 

Na entrevista ao FT, ministro atacou as políticas de subsídios do governo da França para apoiar os pequenos agricultores do país europeu.

"Entendo as razões políticas internas do governo francês. Não é ambientalmente correto que eles deem subsidíos à agricultura, porque terra e água são recursos escassos e operá-los de forma ineficiente não é sustentável", disse. "É melhor plantar aqui no Brasil, onde a agricultura é incrivelmente avançada tecnologicamente, do que produzir na França."

A fala ocorre em meio à aprovação do acordo entre Mercosul e União Europeia, em discussões por 20 anos e atualmente parado para ser ratificado pelos países-membros do bloco europeu - uma das principais objeções, principalmente do governo do francês Emmanuel Macron, é garantir que a aprovação do acordo com um compromisso para impedir o desmatamento no Brasil. Com informações do portal Estadão.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[27/01/2022] - Arroba: boi China vale até R$ 10 a mais por arroba
[27/01/2022] - Custo de produção do boi segue em disparada
[27/01/2022] - Milho: até onde vão os preços?
[27/01/2022] - Milho em alta em Mato Grosso do Sul
[27/01/2022] - Entidade protesta contra imposto sobre o milho
[27/01/2022] - Chuva deve trazer alívio a produtores do Sul
[27/01/2022] - CNA pede ajuda para produtores afetados pelo clima
[27/01/2022] - Brasil parte para retaliação em disputa comercial

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[26/01/2022] - Pecuaristas protestam contra queda do leite
[26/01/2022] - EUA: deputados culpam frigoríficos por carne cara
[26/01/2022] - Arroba: mercado lento em SP
[26/01/2022] - Preço da carne bovina caiu no atacado
[26/01/2022] - Batistas fecham acordo com a CVM sobre a Eldorado
[25/01/2022] - Exportações de carne bovina dispararam em janeiro
[25/01/2022] - Demanda pela carne brasileira deve continuar forte
[25/01/2022] - Exportações do Agro bateram recordes em dezembro
[25/01/2022] - Arroba: pressão de baixa perdeu força
[25/01/2022] - Arroba: semana começa com poucos negócios
[24/01/2022] - EUA liberam exportações de unidade do Minerva
[24/01/2022] - Arroba: mercado continua lento
[24/01/2022] - Safra de milho tem fortes perdas em MG
[24/01/2022] - Milho em alta preocupa compradores
[24/01/2022] - Tabela de fretes sobe quase 10%
[21/01/2022] - Boi parado há nove dias em São Paulo
[21/01/2022] - Frigoríficos pagam até R$ 10 a mais por boi China
[21/01/2022] - Importador prevê mais carne brasileira na China
[21/01/2022] - Diferença entre boi e frango é a segunda maior
[21/01/2022] - Brasil importou menos lácteos em 2021
[21/01/2022] - O calor vai continuar no Rio Grande do Sul?
[20/01/2022] - EUA lideram compras do Brasil pelo segundo mês
[20/01/2022] - Arroba: mercado parado em SP
[20/01/2022] - MS: pecuaristas pagaram a conta do embargo chinês
[20/01/2022] - Prefeitura pede que JBS devolva terreno
[20/01/2022] - Milho já passa de R$ 100 a saca no Sul
[20/01/2022] - Itália tenta conter surto de peste africana
[19/01/2022] - Arroba: exportações podem bater recorde histórico
[19/01/2022] - Agro domina exportações em portos do Paraná
[19/01/2022] - Marfrig: ômicron não afeta abates
[19/01/2022] - Pecuaristas recusam acordo com frigorífico fechado
[19/01/2022] - Leite: ano pode ser complicado para o produtor
[19/01/2022] - Milho volta a rondar os R$ 100 a saca
[19/01/2022] - IGP-M volta a acelerar
[18/01/2022] - Exportações de carne estão acima de janeiro 2021
[18/01/2022] - Arroba: cenário de estabilidade
[18/01/2022] - Escalas estão menores em Mato Grosso
[18/01/2022] - Briga por ICMS sobre o milho vai à Justiça
[18/01/2022] - Pecuaristas protestam contra a Globo Rural
[17/01/2022] - Arroba: nem pra cima, nem pra baixo
[17/01/2022] - Frigorífico fecha e deixa dívida milionária
[17/01/2022] - Milho volta a ser negociado acima de R$ 100 a saca
[17/01/2022] - JBS anuncia novo presidente da JBS Brasil
[17/01/2022] - Globo Rural ataca a Pecuária brasileira
[17/01/2022] - Estados decidem elevar ICMS sobre combustível
[14/01/2022] - PIB do Agro cresceu 10% em 2021
[14/01/2022] - Arroba: pecuarista vai segurar o boi
[14/01/2022] - Arroba: preços não acham espaço para cair
[14/01/2022] - Milho: produção deve crescer em 2022
[14/01/2022] - Varejo vendeu mais puxado por supermercados

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br