Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
247,00 242,00 247,00
GO MT RJ
236,00 238,00 240,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 2180,00
Garrote 18m 2430,00
Boi Magro 30m 3010,00
Bezerra 12m 1860,00
Novilha 18m 2330,00
Vaca Boiadeira 2440,00

Atualizado em: 25/9/2020 09:08

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Bolsonaro vai ao Oriente em busca de mercados

 
 
 
Publicado em 21/10/2019

O presidente Jair Bolsonaro embarcou no último sábado (19), às 22 horas, para o Japão, primeira parada de uma turnê de dez dias pela Ásia e pelo Oriente Médio, na qual visitará ainda China, Emirados Árabes Unidos, Catar e Arábia Saudita. A volta ao Brasil está prevista para a manhã do dia 31.

A chegada a Tóquio, onde o presidente participará da cerimônia de entronização do imperador Nahurito, está prevista para as 13h deste domingo (20). Na quarta-feira (23), está agendada reunião de Bolsonaro com os membros de um grupo de dirigentes das principais empresas do Japão (Mitsui, Toyota, Honda, Mitsubishi, dentre outras).

Integram a comitiva de Bolsonaro os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura), Osmar Terra (Cidadania), Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional).

Em sua viagem ao Japão, o presidente Jair Bolsonaro terá uma reunião bilateral com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski, além do encontro privado que terá com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

A viagem de dez dias da comitiva de Bolsonaro busca de reforçar laços comerciais com parceiros do Leste da Ásia e do Oriente Médio. Segundo integrantes do governo, o presidente quer sinalizar para o mundo que o Brasil está comprometido com a abertura econômica, com o ambiente de negócios e com o programa de reformas.

Na quinta-feira (24), a delegação brasileira segue para Pequim. Na China, Bolsonaro cumprirá programa de encontro com autoridades do país asiático, em 24 e 25 de outubro. Na visita à China, o presidente dará prosseguimento a uma extensa agenda de visitas mútuas de autoridades dos dois países.

Juntos, Japão e China têm um estoque de US$ 100 bilhões em investimentos no Brasil. A Ásia lidera as exportações e importações brasileiras. Só nos primeiros nove meses de 2019, 40% das exportações brasileiras foram destinadas à região, ao mesmo tempo em que 33% das importações brasileiras vieram da Ásia.

Em seguida, no sábado (26), Bolsonaro segue para Abu Dhabi, dando início à metade árabe da viagem. Depois da visita aos Emirados Árabes Unidos, o presidente segue para Doha. Ele passa a manhã e a tarde do dia 28 na capital do Catar e, em seguida, embarca para Riad, na Arábia Saudita, onde fica até o dia 30.

Na passagem pelo mundo árabe, a pauta brasileira também tem viés comercial, de acordo com o Itamaraty. O destaque fica para o aumento das exportações da agropecuária brasileira, a atração de investimentos para os projetos de concessão e privatização de ativos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), além do interesse árabe na indústria de defesa do Brasil.  Com informações da Agência Brasil.

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[25/09/2020] - Arroba: boi China já se aproxima de R$ 260
[25/09/2020] - Alta do boi está perdendo força?
[25/09/2020] - Tesouro dos EUA monitorava atividades da JBS
[25/09/2020] - Empresa suspeita tem relação com a JBS
[25/09/2020] - Alemanha cerca fronteira contra peste suína
[25/09/2020] - Prazo para entrega do ITR termina no dia 30

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[24/09/2020] - JBS: BNDES aumenta pressão contra os Batista
[24/09/2020] - Arroba: frigoríficos sobem a oferta pelo boi
[24/09/2020] - Arroba: vai sobrar boi no final do ano?
[24/09/2020] - Reposição já subiu mais de 80% na Bahia
[24/09/2020] - Leite: alta generalizada nos preços
[24/09/2020] - Milho: alta continua em algumas praças
[24/09/2020] - Filipinas detecta novos focos de peste suína
[24/09/2020] - Polícia apreende gado contrabandeado do Paraguai
[23/09/2020] - Reservas de carne da China estão acabando
[23/09/2020] - Arroba: escalas de abate diminuíram. E agora?
[23/09/2020] - Exportações de carne seguem em bom ritmo
[23/09/2020] - JBS vai aumentar monitoramento de pecuaristas
[23/09/2020] - CEO de empresa da JBS é acusado de fraude
[23/09/2020] - JBS faz nova antecipação no banco do grupo
[23/09/2020] - Minerva usará software de ONG em monitoramento
[23/09/2020] - Agência eleva nota de crédito da Marfrig
[22/09/2020] - Está chegando a hora da queda do boi?
[22/09/2020] - Arroba: alta deu uma trégua
[22/09/2020] - Exportações de carnes seguem em crescimento
[22/09/2020] - Falta de boi deixa frigoríficos ociosos em MT
[22/09/2020] - Milho bate recorde de preço em Mato Grosso
[22/09/2020] - Caroço de algodão subiu mais de 35%
[22/09/2020] - Pecuaristas somam prejuízos com fogo no Pantanal
[22/09/2020] - Bolsonaro: Brasil é vítima de campanha difamatória
[22/09/2020] - Governo anuncia pavimentação da BR-319
[21/09/2020] - Agro registra superávit comercial recorde em 2020
[21/09/2020] - Bolsonaro: Agro evitou colapso do Brasil
[21/09/2020] - Arroba do boi chega a R$ 250 no Pará
[21/09/2020] - Arroba do boi sobe no Norte e no Centro-Oeste
[21/09/2020] - Milho: compradores saem do mercado
[21/09/2020] - Governo crê em lobby contra acordo UE-Mercosul
[21/09/2020] - Peste suína: mais seis casos na Alemanha
[21/09/2020] - Sementes não-solicitadas são entregues no RS
[21/09/2020] - OPINIÃO: Desmatamento é conto do vigário
[18/09/2020] - Produção da Pecuária poderá bater os R$ 200 bi
[18/09/2020] - DISPARADA: bezerro já subiu quase 70%
[18/09/2020] - Arroba: mercado firme por falta de boi
[18/09/2020] - Comissão Europeia tenta aprovar acordo UE-Mercosul
[18/09/2020] - Bolsonaro: Brasil preserva e sofre ataques
[18/09/2020] - IGP-M dispara 4,5% na segunda prévia de setembro
[18/09/2020] - Produtor recebe sementes não-solicitadas
[17/09/2020] - Preço do boi tem espaço para subir ainda mais?
[17/09/2020] - Arroba: ágio do boi China está cada vez menor
[17/09/2020] - Cepea: boi segue nas máximas históricas
[17/09/2020] - Minerva pode distribuir dividendo milionário
[17/09/2020] - Tereza: produtor sabe que preservar é importante
[17/09/2020] - Mourão: pressão européia tem fundo comercial
[16/09/2020] - Frigoríficos sofrem pressão nas vendas à China
[16/09/2020] - Arroba: frigoríficos reduzem ágio pelo boi China
[16/09/2020] - Bezerro vai continuar valorizado, prevê analista

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br