Cotações Mapas Notícias em seu e-mail
Precisa vender? Mais de 6.000 visitantes diariamente esperam pelo seu produto aqui no Pecuaria.com.br. Clique aqui e veja como e facil anunciar!
Arroba do Boi - R$ (À vista)
SP MS MG
192,00 176,00 190,00
GO MT RJ
180,00 176,00 180,00
Reposição - SP - R$
Bezerro 12m 1750,00
Garrote 18m 2100,00
Boi Magro 30m 2550,00
Bezerra 12m 1350,00
Novilha 18m 1600,00
Vaca Boiadeira 1890,00

Atualizado em: 17/1/2020 10:54

Cotações da Arroba: SP-Noroeste, MS-Três Lagoas, MG - Triângulo, GO - Região Sul, MT - Rondonópolis, RJ-Campos
Clique aqui e veja cotações anteriores

 

 

 

 


 
Receba, diariamente, em seu
e-mail nosso boletim com os assuntos que mais interessam
ao profissional do setor.

Clique aqui e inscreva-se gratuitamente.


Adriano Garcia
MTb 10252-MG

 

Raiva: Tocantins tira obrigação de vacinar

 
 
 
Publicado em 09/12/2019

O Governo do Tocantins, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) revogou a obrigatoriedade da vacinação contra a raiva dos herbívoros (bovinos, equídeos, suídeos, caprinos e ovinos) em 13 municípios, após essas áreas não apresentarem surtos epidêmicos da doença há mais de dois anos. Com isso, poderão vacinar em qualquer época do ano, assim como ocorre com o restante do Estado. A medida, que está prevista na Portaria nº 373, foi publicada no Diário Oficial nº 5.499, na sexta-feira, 6.

Os municípios são: Palmas, Aparecida do Rio Negro, Novo Acordo, Brasilândia, Natividade, Chapada da Natividade, Silvanópolis, Pedro Afonso, Tupiratins, Bom Jesus do Tocantins, Miracema do Tocantins, Lajeado e Tocantínia. “Somente estas regiões tinham a obrigatoriedade porque necessitavam de uma atenção especial, mas comprovaram que estão mantendo o controle da enfermidade. Creditamos o resultado às atividades que desenvolvemos e o estímulo à vacinação dos animais”, avalia o gerente do Programa Estadual do Controle da Raiva dos Herbívoros (PECRH), José Emerson Cavalcante.

Em todo o Estado houve uma queda de 66,7% nos focos da raiva, que ocorreu gradativamente de 2015 a 2019. Naquele ano, foram registrados 48 casos comparados aos 16 apontados este ano. A conquista é atribuída às ações realizadas em todo o território tocantinense, quanto ao controle de morcegos hematófagos, principal transmissor da doença na zona rural, bem como monitoramento e cadastramento de abrigos; atendimento a focos, atividades educativas, entre outros.

O presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha, disse que este ano, já foram realizadas 210 ações de controle da doença, que resultaram na captura de 1.151 morcegos da espécie Desmodus rotundus. “Temos três equipes treinadas especificamente para atuar na prevenção e controle da zoonose, evitando prejuízos ao produtor rural e protegendo a saúde pública”, pontua.

Prevenção

O PECRH tem ações definidas ao efetivo controle da ocorrência da raiva de forma contínua. Mesmo não tendo obrigatoriedade, a Agência recomenda ao produtor a vacinação para evitar prejuízos econômicos e danos à saúde de quem manipula o animal, pois a raiva é fatal ao rebanho e pode ser transmitida ao homem.

Para prevenir os herbívoros da enfermidade, é preciso vaciná-los anualmente, já para aqueles que serão vacinados pela primeira vez, a dose de reforço é com 30 dias.Com informações da ADAPEC.
 

  Compartilhe Compartilhe esta matéria    Imprimir

 


   Leia também:
 
[17/01/2020] - O acordo EUA-China prejudica a carne brasileira?
[17/01/2020] - China: produção de carne suína tem queda histórica
[17/01/2020] - Bois e carne viram foco de bandidos
[17/01/2020] - Carne volta a cair com força no atacado
[17/01/2020] - Arroba volta a cair: pressão de baixa continua
[17/01/2020] - Controladores do Minerva venderão ações
[17/01/2020] - Minerva quer voltar a distribuir lucro

Regras para a publicação de comentários


   Notícias Anteriores
 
[17/01/2020] - Saída do BNDES da JBS vai atrasar novamente
[17/01/2020] - Nova tabela de frete: alta de 11 a 15%
[16/01/2020] - Arroba: frigoríficos estão pagando preços iguais?
[16/01/2020] - A alta do boi em 2019 foi realmente forte?
[16/01/2020] - Agro respondeu por 43% das exportações do Brasil
[16/01/2020] - Pecuarista investiu apesar da crise
[16/01/2020] - Inflação medida pelo IGP mostra desaceleração
[16/01/2020] - Leite: preço deve subir no curto prazo
[16/01/2020] - Minerva fará oferta de ações
[15/01/2020] - Arroba volta a cair com pressão dos frigoríficos
[15/01/2020] - Preço da carne bovina tem queda forte em MT
[15/01/2020] - China pressiona frigoríficos por preços menores
[15/01/2020] - China vende mais carne das reservas estatais
[15/01/2020] - Arábia Saudita abre mercado ao Uruguai
[15/01/2020] - Vendas do varejo tiveram alta em novembro
[15/01/2020] - MAPA prevê crescimento de 17% no PIB da Pecuária
[15/01/2020] - Reposição: muita especulação em Mato Grosso
[15/01/2020] - Leite: captação caiu com força no RS
[15/01/2020] - Milho: exportações reduzem ritmo em janeiro
[14/01/2020] - Exportações de carne começaram o ano em alta
[14/01/2020] - JBS aumentará abates em SP
[14/01/2020] - Arroba: frigoríficos aumentam a pressão de baixa
[14/01/2020] - CEPEA prevê ano bom para a pecuária brasileira
[14/01/2020] - Impasse trava mercado de reposição
[14/01/2020] - Acordo tenta formalizar pecuaristas em MT
[13/01/2020] - Frigoríficos: exportações continuarão com força
[13/01/2020] - Arroba: frigoríficos pressionam por arroba menor
[13/01/2020] - Chuvas ajudam pecuarista a segurar o boi
[13/01/2020] - Carne caiu no atacado
[13/01/2020] - Preço da carne caiu no pasto, mas não no prato
[13/01/2020] - Donos da JBS venderam ações em dezembro
[13/01/2020] - JBS anuncia aumento de produção em outra unidade
[13/01/2020] - Agro protesta contra aumento de impostos
[13/01/2020] - Acordo com China vai puxar vendas do agro dos EUA
[10/01/2020] - JBS abre unidade prevendo demanda forte da Ásia
[10/01/2020] - Austrália: incêndios podem favorecer o Brasil
[10/01/2020] - Arroba: mercado de olho na demanda
[10/01/2020] - Varejo da carne ainda está devagar
[10/01/2020] - China faz Argentina bater recorde de abates
[10/01/2020] - Alta breve da carne puxou inflação de dezembro
[10/01/2020] - Prévia do IGP-M já mostra recuo da carne bovina
[10/01/2020] - Boi em alta puxa pra cima índice do CEPEA
[10/01/2020] - Milho deve continuar subindo
[10/01/2020] - Peste suína se aproxima da Alemanha
[10/01/2020] - Tereza Cristina: situação do Irã exige cautela
[10/01/2020] - Apesar da carne bovina, exportações do Agro caíram
[09/01/2020] - Arroba: pecuarista não aceita menos de R$ 200
[09/01/2020] - Queimadas na Austrália podem puxar o boi no Brasil
[09/01/2020] - Exportações: faturamento de MS subiu 21%
[09/01/2020] - Leite: 2019 foi um ano fora do normal

     Clique aqui para ver o índice geral de noticias


 

 

 

Adicione seu site Comprar e vender Atendimento ao anunciante Mais buscados

Venda para a pecuária brasileira através da Internet!
Clique aqui e veja como anunciar no Pecuária.com.br